terça-feira, 19 de setembro de 2017

Gemil Júnior comenta a chegada de 300 servidores à Saúde do Acre: “Não há satisfação maior que essa para um gestor”


Na semana passada a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) divulgou no Diário Oficial a nomeação de 307 novos servidores públicos efetivos, uma promessa feita pelo secretário da pasta Gemil Júnior que, agora, vai impactar em R$ 12 milhões ao ano, na folha de pagamento da secretaria.

Além de enfermeiros, foram convocados biomédicos, fisioterapeutas e servidores administrativos, dentre outras funções ofertadas pela pasta nos anos de 2013 e 2014. Todos devem ser empossados no mês de outubro, ao fim do prazo estabelecido para a entrega dos documentos necessários à posse.

Além dos 307, o governo de Sebastião Viana já contratou mais de 2 mil novos trabalhadores para a área da Saúde. Apenas em 2017, mais de 260 trabalhadores já tomaram posse nos cargos, isso incluindo médicos, enfermeiros, técnicos e cirurgiões-dentistas.
“Não há satisfação maior que essa para um gestor. Com essas convocações, melhoramos o atendimento em saúde e o governo Tião Viana demonstra seu compromisso e competência, já que, mesmo em um momento de crise no país, continua empossando servidores aprovados em concursos públicos”, destaca Gemil de Abreu Júnior, secretário de Saúde do Acre.
Além de Rio Branco, os novos servidores serão lotados nas unidades de saúde de Acrelândia, Brasileia, Bujari, Cruzeiro do Sul, Feijó, Mâncio Lima, Manoel Urbano, Rodrigues Alves, Sena Madureira, Senador Guiomard, Tarauacá, Plácido de Castro e Porto Walter.

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Jenilson representará o AC em seminário sobre a construção da ferrovia Brasil-Peru


O deputado estadual Jenilson Leite ( PCdoB) representará o estado do Acre no seminário sobre a construção da Ferrovia Bioceânica para o Peru e o Brasil, sediado pela BJTU (Beijing Jiaotong University), em Pequim, na China. O evento que terá duração de quinze dias, e será patrocinado pelo Ministério do Comércio da República Popular da China, custeará passagens a hospedagens dos participantes.
O seminário contará com 25 participantes dos dois países que receberão o empreendimento financiado pelo Governo Chinês. Além do curso de formação sobre infraestrutura ferroviária, sistema de gestão ferroviária, eles serão levados à cidade de Xangai Qingdao e outros lugares no país asiático para conhecer a cultura e a história das grandes mudanças desde o início da reforma e da abertura da China para o capital.
O acordo para a construção da Ferrovia Bioceânica ou Transconinental (Brasil-Peru) foi assinado em 2008, sendo que o estudo de viabilidade técnica custou cinquenta milhões de dólares custeados pela China, que propôs o ambicioso projeto. A projeção de gasto para tirar o projeto do papel é de 200 bilhões de reais.
A ferrovia terá 4,9 mil km de distancia. A extensão do trecho peruano será de 1,6 mil km e o brasileiro, quase 3,3 mil km. Ela se inicia em Campinorte (GO), passando pelo Mato Grosso, Rondônia e Acre, até chegar à fronteira peruana, cruzando a Amazônia e os Andes até o porto, na costa do Pacífico.
Segundo o projeto, no Acre, a ferrovia ligará Rio Branco (capital) à cidade de Cruzeiro do Sul. Caso a ideia se concretize, o mapa econômico do país no tocante a saída e entrada de produto mudarão completamente. Isso, porque, a maioria das cargas que saem e entram no Brasil são a partir do Porto de Santos (SP) e Porto Paraguaçu, na cidade de Foz do Iguaçu (PR), gerando grande fluxo de capital oriundos dos impostos. A mudança não será apenas na movimentação das exportações e importações, mas também na economia para os estados da Amazônia, principalmente para o Acre que sai da condição de isolado.
A concretização desse projeto poderá auxiliar o Estado em relação ao transporte de passageiros. Uma vez a manutenção de trafegabilidade da BR-364 não é certeza. Pois o solo e as condições climáticas não favorecem a construção de rodovia na região.
Para o deputado Jenilson Leite, o seminário é um momento importante para se conhecer como na prática funcionam as ferrovias construídas pela China. “A China tem feito as maiores construção na área de ferrovia, como, por exemplo, o trem-bala que foi inaugurado recentemente pelo país. E participar desse seminário é uma oportunidade ainda que distante, de olharmos para o futuro do Acre com esperança “. Em relação aos benefícios que o Estado poderá usufruir, o deputado destaca que podemos sair de uma economia que movimenta milhões de impostos para à casa dos bilhões, assim como acontece com os estados da região Sul e Sudeste.

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Jenilson Leite participa do lançamento do plano agrícola nos municípios isolados do Acre


O deputado estadual Jenilson Leite ( PCdoB) participou nos dias 14 e 15/09 do lançamento do plano agrícola para os quatro municípios isolados do Estado. O valor do investimento é de R$ 6,4 milhões, beneficiando mais de 2.400 famílias.

Na quinta-feria (14), o governador Tião Viana ( PT) acompanhado dos deputados Jenilson Leite e Lourival Marques ( PT) e de sua equipe de governo fizeram o lançamento do programa que beneficia centenas de famílias em Santa Rosa do Purus, Jordão e Porto Walter. A entrega do plano em Marechal Thaumaturgo ocorreu nesta sexta-feira, 15. A ação é gerida pela Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), 

O plano agrícola vai ao encontro das vocações de cada região. Horticultura, meliponicultura, suinocultura, fruticultura são algumas cadeias contempladas, além de haver um reforço na extensão indígena e no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que leva o produto do agricultor direto para as escolas dessas cidades.

Além dos quase sete milhões de reais do plano agrícola nestes municípios, o governo do Estado, por meio do Programa de Saneamento Integrado, que inclui pavimentação de ruas e água potável está investindo nessas cidades 100 milhões de reais. Os recursos oriundos do Banco Mundial transforma a vida de milhares de acreanos e embeleza as cidades inacessíveis via estrada. 
O deputado estadual Jenilson Leite que além de médico, é técnico agrícola comemorou os investimentos que fomenta a produção agrícola ."Este trabalho vem se somar aos investimentos que o governo está realizando na infraestrutura dessas cidades, junto com a garantia de segurança alimentar das populações indígenas. São ações que visam a qualidade de vida da população”, afirmou Jenilson, comentando o trabalho de saneamento, pavimentação, esgotamento e água tratada para 100% das cidades.


Assessoria Parlamentar Fotos Gleilson Miranda

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Jenilson Leite se reúne com Marcus Alexandre para debater reivindicações dos moradores do bairro Jardim Panorama



 O deputado estadual Jenilson Leite (PCdoB) se reuniu na terça-feira
(12) com o prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre (PT), para tratar
sobre as reivindicações do bairro Jardim do Panorama. O parlamentar
estava acompanhado do presidente do bairro, Francisco Araújo.

Dentre as reivindicações dos moradores: eles cobram que seja
intensificado a coleta de lixo e seja disponibilizado água potável
para a comunidade. O gestor se comprometeu em atender a demanda da
comunidade.

A comunidade do Jardim do Panorama é uma área de invasão de terra, na
qual a dona da propriedade entrou com um mandato de reintegração de
posse. No entanto, até o momento não houve uma decisão judicial. Além
da ação de reintegração de posse, a dona fez uma proposta aos
moradores em juízo.

O deputado Jenilson Leite tem colocado seu mandato sempre à
disposição dos moradores do Jardim do Panorama, inclusive buscando
sempre o diálogo entre as partes envolvidas para que estes pais de
famílias tenham direito à moradia. Destaque ainda, que o parlamentar
se coloca sempre na condição de porta-voz dos moradores junto a
administração pública para que sejam oferecidos os serviços essenciais
à comunidade.

Assessoria Parlamentar 

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Mudanças na lei podem evitar demissões em massa no Pró-Saúde


Dezenas de servidores do Pró-Saúde ameaçados de demissões lotaram, na manhã desta terça-feira (12), a galeria da Assembleia Legislativa do Acre (ALEAC), para pedir que os deputados votem em caráter de urgência a matéria que evitaria maiores transtorno a sociedade acreana. A medida segundo os funcionários e advogados da paraestatal evitará o que os trabalhadores classificam como caos no atendimento nas unidades de saúde do Estado, que sofrem com a defasagem no quadro de servidores.
Atualmente o Pró-Saúde tem aproximadamente 1.800 servidores, divididos em comissionados, seletivos de currículo e servidores concursados. Todos estão na iminência de serem demitidos após decisão do Ministério Público do Trabalho (MPT) que considerou irregular a contratação de servidores para área de saúde, através da empresa privada que gerenciava o programa.O deputado estadual Jenilson Leite (PCdoB), médico e membro da Comissão de Saúde da Casa, destacou na tribuna da ALEAC hoje que a demissão gera muitos transtornos para os servidores, para o sistema e para os usuários. “Recebemos das mãos do setor jurídico dos sindicatos da saúde hoje, um recurso jurídico robusto, precisamos avaliar e sentar com o executivo. Acredito no diálogo como a forma mais eficiente de encontrarmos uma saída para está situação ” finaliza o deputado.
Após a reunião da comissão do Pró-saúde com os deputados no centro do plenário, foi feito o encaminhamento de aguardar o parecer da PGE sobre a proposta de mudança da lei, e a realização entre executivo e legislativo para entendimentos sobre a saída para o problema.

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Jenilson Leite apresenta indicações que atende as demandas dos jordanenses



O deputado estadual Jenilson Leite ( PCdoB) apresentou na sessão desta quarta-feira (06) duas indicações à mesa diretora da Casa para que o governo do Estado resolva duas demandas essenciais para o desenvolvimento dos jordanenses. A primeira indicação do deputado solicita que a secretaria de ciência e tecnologia ( SECT) resolva o problema da falta de sinal da internet do Floresta Digital em Jordão. A outra indicação do parlamentar atende a uma demanda da comunidade do Novo Porto, no rio Muru. Os moradores pede a inclusão da comunidade no Programa Luz para Todo


Jenilson esteve no Jordão , no início do mês, e recebeu da população essas duas demandas. O parlamentar justificou, que a indicação tem por objetivo melhorar a qualidade de vida daqueles que moram no município. "Sabemos da importância da internet em nosso dia a dia, no município do Jordão a eliminação está trazendo grandes transtornos aos moradores, a cidade está há aproximadamente 01(um) mês sem a internet da floresta digital". 

O comunista enfatizou que a falta da internet gera transtorno. "Infelizmente o município do Jordão, durante esse período sem a internet da floresta digital está sofrendo com a falta de comunicação, trazendo assim alguns transtornos a comunidade e aos órgãos da cidade supracit

Os moradores do Novo Porto tem um gerador de energia, mas devido o auto custo do combustível só usufrui da iluminação três horas diárias. "Por isso, venho aqui pedir a inclusão dessa comunidade no Programa Luz para Todos".

"O prefeito e os vereadores conseguiram os postes de energia e solicitam a inclusão no programa luz para todos e a ligação dos postes, na comunidade do Novo Porto, cabendo agora ao governo via Eletrobras executar o serviço", justificou. 

Os moradores do Novo Porto tem um gerador de energia, mas devido o auto custo do combustível só usufrui da iluminação três horas diárias. "Por isso, venho aqui pedir a inclusão dessa comunidade no Programa Luz para Todos".


Da Assessoria Parlamentar

terça-feira, 5 de setembro de 2017

NOTA DE FELICITAÇÕES AOS ORGANIZADORES DO FESTIVAL DE VERÃO DE TARAUACÁ - 2017


O melhor de todos os festivais de Praia !
Tendo em vista o anúncio de cancelamento por parte da prefeitura, um grupo de amigos através da rede social 'whatsapp' resolveram organizar o evento, em parceria com empresários, políticos, ativistas culturais, desportistas, comunicadores, lideranças comunitárias e o governo do Estado.

Com o objetivo de divulgar e trazer dividendos ao município com a vinda de visitantes de outras localidades do Estado, favorecendo a rentabilidade ao comércio, hotéis, bancos, restaurantes e outros, valorizando a cultura taraucaense e amazônica. E sem duvida alguma valorizar um dos maiores patrimônios do povo taraucaense, que são as suas belas e abundantes praias, onde em nossa região a natureza nos presenteou com essa beleza natural. Fato esse que justifica inclusive a fama do município das mais belas praias do Acre.
O Festival de Verão de Tarauacá – 2017. Teve a duração de 2 dias, 02/09 e 03/09, e foi realizado com a participação de artistas locais e regionais. Alem das atividades esportivas e culturais, houve o concurso da garota verão Tarauacá 2017.
Destacamos ainda a participação das policias militar, civil e o corpo de bombeiro.
Tendo à frente da organização do evento, o professor e ex-secretário de cultura João Maciel e o empresário Dagoberto Guimarães, o DGO.
PARABÉNS PELO MAIS BELO FESTIVAL DE PRAIA DO ACRE !

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Jenilson Leite se reúne com os moradores do loteamento Santos Dumont


O deputado estadual Jenilson Leite ( PCdoB) se reuniu nesta sexta-feira (01) com os moradores do loteamento Santos Dumont a 15km de distância de Rio Branco. 

Atualmente vivem 46 famílias no loteamento. a comunidade reivindica que a prefeitura de Rio Branco realize a abertura do ramal para que eles  possam trafegarem até à cidade. 
Outra reivindicação dos moradores, é falta de água potável na comunidade.

Os moradores junto com o parlamentar tiraram um encaminhamento para que haja  uma reunião  com o Depasa. O objetivo é obter do  órgão responsável pela distribuição de água no Acre, alguma providência para o problema  da comunidade. 

Com relação ao ramal, o deputado levará a demanda a prefeitura da capital.

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Meio Ambiente: Comitê de Riscos Ambientais inicia operação contra desmatamentos e queimadas)


Tem início nesta sexta-feira (1), a Operação 7 de Setembro desencadeada pelo Comitê Estadual de Riscos Ambientais (Cegra). Mais de 1.020 homens estão envolvidos na operação que ocorre em Rio Branco e no interior do estado com mais força em áreas críticas, como no município de Manoel Urbano até a região do Juruá onde estão concentrados os maiores focos de calor.
O Secretário de Meio Ambiente, Edegard de Deus explica que é necessário um esforço coletivo dos poder público e sociedade “Fazemos um apelo para todos os cidadãos tanto da zona rural e urbana, para que não queimem nesses próximos 20 dias. Nós vamos estar em campo para combateras queimadas e aplicar as multas que forem necessárias”.De acordo com os dados dos últimos 40 anos, está começando o período mais crítico das condições climáticas, com altas temperaturas, umidade relativa do ar muito baixa, com pouca chuva. Condições muito propícias para que ocorram incêndios florestais e queimadas nas propriedades rurais.
Números
Em 29 dias foram registrados 1.070 focos de calor no Acre. Os dados são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e captados via satélite. Os municípios de Tarauacá, Feijó e Cruzeiro do Sul são os que mais registraram as ocorrências.
Os focos registrados neste período de agosto representam 67,5% do total de todo o ano, onde foi registrado, entre 1 de janeiro a 29 de agosto, 1.584 focos de calor.
Em 29 dias foram registrados 1.070 focos de calor no Acre. Os dados são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e captados via satélite. Os municípios de Tarauacá, Feijó e Cruzeiro do Sul são os que mais registraram as ocorrências.Os focos registrados neste período de agosto representam 67,5% do total de todo o ano, onde foi registrado, entre 1 de janeiro a 29 de agosto, 1.584 focos de calor.
Vale ressaltar que, de acordo com o Artigo 250 do Código Penal, queimar qualquer coisa em ambiente aberto é considerado crime, além de causar problemas à saúde e poluição.
O Código Penal nomeia crimes como as queimadas de “crimes contra a incolumidade pública”, com pena de reclusão, de 3 (três) a 6 (seis) anos, e multa.

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Jenilson participa de ação de atenção aos portadores de hepatite no Jordão



O deputado estadual Jenilson Leite (PCdoB) que também é médico infectologista, cumpre agenda no município de Jordão, desde segunda-feira (29). O deputado participa de um mutirão de saúde  para atender pacientes portadores de hepatites virais B e C.

A ação de saúde no município é uma realização da Sesacre, em parceria com o gabinete do deputado Jenilson e prefeitura de Jordão. Sendo que o parlamentar na qualidade de médico infectologista é o responsável pelas consultas e a SESACRE  e município executam os exames laboratoriais e disponibiliza os medicamentos e dão o poio para o atendimento.

O itinerante foi articulado pelo parlamentar, tendo como objetivo proporcionar aos usuários do SUS comodidade no atendimento, ecomonia com o custeio de passagem e hospedagem em Rio Branco,  e tendo como impacto principal a prevenção de cirrose, câncer hepático e evita grandes gastos com transplantes e atenção ao paciente crônico.
Geralmente estes usuários têm que fazer o acompanhamento a cada seis meses. " São pacientes que fazem tratamento pelo TFD a cada seis meses, às vezes ficam lá de três a quatro meses, isso  gera um transtorno para as famílias. Além disso,  existe um custo alto tanto para o cidadão como para o Estado, para se ter uma ideia, o atendimento realizado nesses três dias em Jordão, só de passagens economizou  mais de cinquenta e três mil reais. Daí pensamos por que não levar o atendimento até essas pessoas? É o que estamos fazendo agora", argumenta o deputado.


Mais de setenta pacientes foram atendidos, sendo que mais de trinta por cento é indígena. A ação tem duração de três dias para que todos os portadores de hepatites que residem nas comunidades rurais se desloquem ao município para acompanhar a evolução da doença.

Ainda segundo Jenilson, o Estado enquanto como responsável por garantir o atendimento de saúde ao cidadão, precisa de apoios dos também de parcerias, e nós estamos auxiliando.

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

No Acre, eventos devem ter banheiros químicos adaptados a deficientes


governador do Acre, Tião Viana (PT-AC) sancionou no ultimo dia (21) a lei nº 3.281 em que determina que a organização de eventos contratados pelo Estado tenham banheiros químicos adaptados a pessoas com deficiências. Os módulos devem ser individuais por gênero.
A determinação foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) após aprovação da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). Conforme a publicação, a lei abrange os eventos que, devido ao número de pessoas participantes, exija infraestrutura própria.
O projeto é de autoria do deputado estadual Janilson Leite (PCdoB-AC) e teve como relatora a deputada Eliane Sinhasique (PMDB-AC). Segundo ela, várias pessoas reclamavam da falta de acessibilidade. Além disso, perceberam que empresários já colocavam a medida em prática em eventos que não eram do governo.
“Tivemos um relatório favorável por entender que a acessibilidade é tudo e a gente precisa garantir o direito de ir e vir e também que as pessoas frequentem determinados espaços”, afirma.
O número de banheiros químicos no local deve ser proporcional à estimativa do público presente no evento. Conforme a publicação, a organização deve obedecer a quantidade mínima de 10% do total de banheiros instalados

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Festival de Verão de Tarauacá acontece neste fim de semana e prefeitura espera 20 mil pessoas


Por compreender a importância econômica e turística do evento, um grupo de moradores do município de Tarauacá está preparado para receber os visitantes no Festival de Verão, programado para este fim de semana (2 e 3 de setembro) nas belíssimas praias do Rio Tarauacá. A organização conta com o apoio de senadores, deputados, vereadores, comerciantes, empresários, fazedores de cultura, comunicadores, Governo do Estado e voluntários.
Torneios de futebol, vôlei, futevôlei, praça de alimentação com pratos típicos, shows com artistas locais e de Rio Branco e a tradicionalíssima escolha da Garota e Garoto Verão figuram entre as principais atrações. “Estamos preparando uma grande festa”, garantiu um dos organizadores do evento, o empresário Dagoberto Guimarães de Oliveira, mais conhecido por DGO.A logística, no sentido de tornar o ambiente propício para oferecer conforto, segurança e muita diversão, é inspecionada pelos setores administrativos da prefeitura. “Teremos a instalação de banheiros químicos, barracas [já em funcionamento], depósitos para lixo e o nivelamento da praia para tornar o espaço mais adequado para os banhistas que gostam de praticar esportes”, enumerou o coordenador.
A expectativa é de um público de 20 mil pessoas durante os dois dias de festa. “O festival é uma tradição do município. Infelizmente, não comemoramos o Carnaval e o aniversário da cidade. Os taraucaenses são conhecidos pela sua hospitalidade e alegria de viver. Apesar de muitas adversidades, a sociedade civil vai realizar o maior festival de todos os tempos”, reiterou DGO.

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

ACRE: Começa hoje a Fase Estadual dos Jogos Escolares


Começa nesta sexta feira, 25 de agosto e se estende até domingo, 27, a Fase Estadual dos Jogos Escolares do Estado Acre. As competições acontecem das 8 às 12 e de 14 às 17 horas, no Ginásio Álvaro Dantas e Quadra Poliesportiva do Colégio Acreano.

São 155 alunos das cidades de Acrelândia, Sena Madureira, Feijó, Tarauacá, Plácido de Castro, Senador Guiomard e 88 da capital Rio Branco que competem nas modalidades: atletismo, basquete, futsal, handebol e voleibol.

A novidade deste ano é um sarau que acontecerá na Praça da Revolução, no sábado, 26, às 18 horas, com apresentações dos alunos participantes dos jogos.

Meio Ambiente: Boletim Rio Acre e Queimadas – 24/08/2017


O nível do Rio Acre apresentou uma elevação de nove centímetros nas últimas 24 horas na capital e alcançou a marca de 1,91 metro, segundo dados repassados pela Defesa Civil Estadual.
O manancial registrou uma redução de vinte centímetros em Brasileia, com 1,49 metro. Já em Xapuri (2,26 metros) e Capixaba (1,51 metro), houve elevação em suas marcas. O Riozinho do Rola registrou uma redução de 48 centímetros e está com a cota de 11,17 metros.
Com o monitoramento contínuo da rede de captação das Estações de Tratamento de Água (ETAs), devido ao baixo nível do Rio Acre, o Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) segue executando ações do Plano de Contingência para o abastecimento.
Obras estruturais estão sendo executadas nos reservatórios de Acrelândia, Porto Acre, Bujari, Feijó, Tarauacá, Cruzeiro do Sul e Jordão, seguindo as orientações do plano no intuito de minimizar os impactos da estiagem.
Nesta semana, frentes de serviços da autarquia realizam as obras de ampliação da rede de distribuição de água do Loteamento Praia do Amapá, em Rio Branco. A intervenção provocará maior fluidez na rede de abastecimento da comunidade e demais bairros do entorno, como o Taquari, por exemplo.
Qualquer denúncia contra o desperdício de água pode ser relatada pelos consumidores residentes da capital por meio do telefone 0800 721 1314, pela página do Facebook Depasa Governo do Acre, no número de whatsapp 99238 0101 ou se dirigindo à Central de Serviços Públicos (OCA), localizada na região central de Rio Branco.
Rio Madeira
Na região do Abunã, localizada no estado de Rondônia, o Rio Madeira registrou uma elevação de cinquenta e dois centímetros nas últimas 24 horas e está com a cota de 10,55 metros, de acordo com informações da Agência Nacional de Águas (ANA).
Queimadas
No período de 1 de janeiro a 24 de agosto, o Acre registra o acumulado de 1.041 focos de calor.
Somente neste mês foram registrados 527 focos de calor, segundo dados de satélite do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), com destaque negativo para os municípios de Tarauacá, Feijó e Cruzeiro do Sul.
Com o objetivo de conscientizar a sociedade sobre a importância da prevenção e combate aos focos de incêndio em áreas rurais e urbanas, diversas ações educativas, de fiscalização e reuniões estão sendo promovidas pelo governo do Acre em parceria com os órgãos representantes do Meio Ambiente, Bombeiros, Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE) e demais entidades.
A direção do Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac) informa que as multas aplicadas pelos fiscais do órgão e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) já superam os R$ 2 milhões.

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Jenilson intercede e Sesacre vai contratar 300 profissionais que passaram em concurso


O Spate vinha dialogando com o governo. Na semana passada, os sindicalistas se reuniram com a comissão de saúde da ALEAC para pedir a contratação dos aprovados no certame e a pauta foi levada por Jenilson à Casa Civil.
Para a presidente do SPATE, Rosa Nogueira, este ato do governo de contratar os profissionais é uma vitória da categoria que batalhou unida por isso.
O secretário de saúde, Gemil Júnior, destacou que com essas contratações, o governo de Sebastião Viana chegará a marca de três mil concursados na sua gestão. O gestor salientou ainda, que poderá ser contratado mais gente, e que todos aprovados em 2013 e 2014 serão contratados dentro do prazo.
O deputado Jenilson Leite, comemorou a decisão do governo, dando ênfase na importância de haver diálogo. ” É uma notícia para comemorarmos. Porque serão 300 pais de famílias empregados, contribuindo com a saúde dos acreanos. Também devemos destacar a importância de sempre buscarmos dialogar para que sejamos vitoriosos na luta por um Acre melhor, parabéns ao governador Tião Viana pela decisão”, ressaltou.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Jenilson: “A geografia da disputa é importante para apontar o vice da FPA”


Com as chapas majoritárias praticamente prontas na FPA e na oposição as atenções se voltam para os candidatos a vice. Na FPA, o PC do B está reivindicando um lugar. O deputado estadual Jenilson Leite (PC do B) defende a tese que o nome saia do seu partido e representando a região de Tarauacá-Envira. Acompanhe a entrevista com o deputado comunista sobre o assunto.
ac24horas – Deputado Jenilson como você acha que deve ser o processo de escolha de vice na FPA?
Jenilson Leite – É precisa olhar para a representatividade dos partidos que compõe a nossa Frente. Nós achamos que diante da realidade e da força que os partidos foram acumulando o PT chegou à condição na FPA de poder indicar o candidato ao Governo e os dois ao Senado, o que nos coloca em boas condições de disputa com as outras forças de oposição. Mas achamos que existem três espaços, os dois suplentes ao Senado e a vice que requerem um olhar diferenciado. É preciso interagir com os demais partidos da FPA para que assim todos se vejam em condições de poder durante as eleições impulsionar a sua militância em prol desse projeto.
ac24horas – Mas você não acha que o fato do PT indicar os principais cargos na chapa majoritária, governador e dois senadores, não é muita coisa para um único partido coligação que tem outros 15?
JL – Eu acho que há momentos em que a gente está com força para tomar essas atitudes. E hoje o PT no Acre tem força política para tomar essa decisão. Mas não são em todos os momentos que a gente tem essa força para tomar as decisões que a gente deve toma-la. Eu acho que estamos num momento em que a FPA completa 20 anos e que é preciso animar a militância de todos os partidos garantindo representatividade política. Os partidos não querem apenas estar no Governo para ganhar e ocupar cargos comissionados. Os partidos querem também protagonizar na política. O nosso partido sempre foi um aliado ao projeto da FPA e se posicionou de maneira firme nos momentos de dificuldades da FPA. Nunca estivemos ausentes nas lutas populares, é um partido que têm dois prefeitos, dezesseis vereadores, um deputado estadual e um federal. Temos militância nos 22 munícipios acreanos com diretórios funcionando durante todo ano. Essa força precisa ser enxergada e ouvida por conta de que não é qualquer força política que tem se comportado como o PC do B.
ac24horas – O fato de 2010 e 2014 o PC do B ter indicado os candidatos ao Senado, Edvaldo Magalhães e Perpétua Almeida, que perderam, é um fator de enfraquecimento do partido nas chapas majoritárias da FPA?
JL – De forma nenhuma porque outros partidos já indicaram senadores, governadores e prefeitos que também perderam. Se a gente for falar dos majoritários da FPA que perderam não dá para contar nos dedos. Então esse não deve ser um fator importante. Mas além dos partidos temos que olhar para a geografia da disputa. Nós acreditamos ser importante um vice da região Tarauacá-Envira que foi onde historicamente garantiram os votos da vitória do projeto da FPA. Porque no Juruá vai ter um candidato a governador que é o Gladson (PP). Na Capital, temos um candidato dessa região que é o Marcus Alexandre (PT). Assim o PC do B está enxergando e reivindicando um candidato do Tarauacá-Envira. Temos dois nomes, o do deputado federal Moisés Diniz (PC do B) que tem um histórico de comprometimento com o projeto da FPA. Além do meu nome, também à disposição para esse debate.
ac24horas – Você tem intenção real de ser candidato a vice? No seu primeiro mandato de deputado estadual isso seria um ganho para a sua carreira política?
JL – A gente tem que estar na vida pessoal e pública pronto para as mudanças e desafios. Quando terminei a minha especialidade médica como infectologista trabalhava nas unidades de saúde cumprindo o papel de salvar vida. Eu estava muito satisfeito. Então fui convidado a ser candidato a deputado estadual. Eu pensei em não ser candidato. Mas topei o desafio, ganhei a eleição e hoje desempenho um papel honrando os votos que recebi. Se a FPA entender que tenho que cumprir o papel de vice estarei à disposição.
ac24horas – Você acha que a escolha do vice vai ficar entre quais partidos da FPA?
JL – Precisamos de uma chapa plural com uma boa representatividade dos partidos.
ac24horas – Em 2016, na disputa da prefeitura de Rio Branco, a FPA optou por uma vice, a Socorro Nery (PSB), que vinha de partidos considerados de centro-direita, PSDB e PMDB. Com esse desgaste dos partidos de esquerda você não acha que a tendência é também colocar alguém com esse perfil?
JL – Esse é um momento de crise política e de credibilidade. Acho que o vice que cai bem é o que tem serviço prestado, empenho, compromisso com a população e, claro, aquele que tem votos também. O vice não pode atrapalhar, porque isso cria dificuldades para o candidato a governador. Agora, se conseguirmos colocar um vice que além de não atrapalhar possa trazer votos, ajudar no debate e apresentar projetos acho que essa é uma junção que ajuda muito.

Jenilson e SPATE pedem que Secretário Estadual de Saúde apresente cronograma de convocação de concursados


A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) recebeu na manhã desta quinta-feira (17) representantes do Sindicato dos Profissionais Auxiliares de Técnicos de Enfermagem e Enfermeiros do Estado do Acre (Spate/AC). Na pauta, a necessidade de convocação dos aprovados nos últimos concursos da Sesacre. Os profissionais reclamam da demora nas contratações e o déficit de pessoas nas unidades de saúde do Estado.
Nesse sentido, o deputado Jenilson Leite (PCdoB) garantiu se reunir com a chefe da Casa Civil do governo do Estado, Márcia Regina, para tomar conhecimento dos fatos em relação ao assunto. Ele pontuou que o problema tem que ser encarado de frente, tendo em vista que há uma determinação judicial para a saída dos profissionais contratados pelo Pró-Saúde. O parlamentar defendeu o diálogo como caminho para uma solução que beneficie a todos, sem prejuízos para o usuário do SUS.
"É preciso um planejamento. Fala-se em acabar com o Pró-Saúde, mas queremos saber qual a proposta, qual a estratégia de reposição desses profissionais. Precisamos saber a sinalização do governo. Me comprometo acompanhá-los na reunião que terão junto à Sesacre", disse o deputado ao relatar sobre a reunião que acontecerá  na terça -feira (22), na sede da Secretaria Estadual de Saúde.
Corroborando com a fala do deputado Jenilson Leite, o deputado Nelson Sales (PV) disse que um estudo para realocação e contratação de servidores se faz necessário. O parlamentar teme que caso sejam contratados de última hora, o impacto para o usuário poderá ser maior. São necessárias ações gradativas. "Se deixar tudo para março ou abril, o impacto será maior", defendeu ele.
A presidente do Spate/AC, Rosa Moreira, agradeceu aos membros da Comissão de Saúde da Aleac pela receptividade ao tema apresentado e destacou que é necessário também uma revisão na carga horária nos plantões extras. Atualmente o limite é de 15 horas, entretanto, a ideia é que esse percentual caia para apenas 10 horas. Para a sindicalista, isso permitiria a contratação de novos profissionais e evitaria a sobrecarga de trabalho. "A gente precisa rever aqui na Aleac essa questão dos plantões, que sejam de 10 horas apenas. Hoje são 15 horas", disse ela.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

enilson Leite solicita reforma imediata da ponte que liga Brasiléia a Epitaciolândia


O deputado estadual Jenilson Leite (PCdoB) apresentou uma indicação à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) para que o governo do Estado, através do Departamento de Estradas e Rodagens do Estado do Acre (Deracre) providencie a imediata reforma da ponte de Brasiléia/Epitaciolândia, bem como a devida pintura e sinalização.
O deputado justificou que a indicação visa garantir a qualidade da trafegabilidade entre os municípios localizados na região de fronteira, com a reforma da ponte que liga as duas cidades, bem como sua pintura e sinalização.



“A ponte é o principal meio acesso entre os municípios, onde inúmeras pessoas a utilizam para ir ao trabalho, levar os filhos na escola, entre outras atividades”, justificou.
O parlamentar esteve no último final de semana na cidade de Brasiléia participando de uma plenária da Frente Popular do Acre, e na ocasião recebeu essa reivindicação dos moradores das duas cidades da fronteira.
Segundo Jenilson, os moradores relataram que devido à precária sinalização e deterioração da ponte, têm gerado incontáveis transtornos aos condutores, aumentando, assim, os riscos de acidentes.
“Pensando no bem comum da sociedade da população destes dois municípios, solicito que o Deracre providencie de imediato a reforma, pintura e adequada sinalização, para garantir a qualidade da trafegabilidade aos moradores da região do Alto Acre”, cobrou Leite.
O deputado também destacou as mudanças significativas pós-cheia que vêm sendo implantas pela atual gestora, Fernanda Hassem (PT).
“A cidade está mais bonita, sendo bem cuidada, os prédios públicos, as ruas e as praças foram reformadas, precisamos de uma ponte mais segura e mais bonita”, concluiu Jenilson.
fonte: Folha do Acre

Com quase 7 mil procedimentos realizados, Hemocardio é homenageado na Aleac


Para celebrar o dia do cardiologista, a ALEAC ( Assembleia Legislativa do Acre) realizou uma sessão solene para homenagear os profissionais da área na manhã desta quarta-feira ( 16). A sessão foi proposta pelo deputado Jenilson Leite ( PCdoB), que é médico e membro da Comissão de saúde.A data é comemorada no dia 14 de agosto.
A sessão festiva foi realizada no Plenário da Casa com a participação de representantes da secretaria de Saúde, de profissionais de Cardiologia e de usuários da rede pública de saúde. A solenidade também homenageou a atuação da Hemocardio no Estado do Acre.
A escolha desta data para celebrar o Dia do Cardiologista foi feita pela Sociedade Brasileira de Cardiologia, com o objetivo de reforçar a importância do trabalho deste profissional, além de alertar a população sobre os cuidados que devem ter com a saúde do coração. Oficialmente, o Dia do Cardiologista é celebrado desde 2007 no Brasil.
Em pronunciamento o deputado Jenilson Leite frisou que a atuação do médico-cardiologista é essencial para prevenir e combater as doenças, bem como para melhorar a qualidade de vida da população. Ele também enalteceu a atuação da Hemocardio, que segundo ele, presta um serviço de excelência no Estado do Acre desde 2011.
“Esse serviço desenvolvido pelo Hemocardio tem sido de grande utilidade para o povo acreano. O Hemocardio se instalou em 2011 e tem demonstrado ser responsável, resolutivo e ter tido muito sucesso no que faz. A gente tem na política, sempre que colocar na pauta do dia algo relacionado à área da saúde, mas de forma nenhuma podemos tornar a crítica uma máxima. O ser humano também se move pela motivação de ter um serviço prestado reconhecido”, disse o parlamentar.
Rogério Holanda, médico cardiologista, contou um pouco da história do Centro Hemodinâmico e Cardiológico de Rio Branco (Hemocardio) que foi inaugurado em 2011. Ele ressaltou que o centro já atingiu a marca de 800 cirurgias cardíacas realizadas, e que até o final do ano chegará a 1000.
“Instalamos o Hemodinâmico Cardíaco no Acre por saber da necessidade do serviço de cirurgia vascular no Estado. Fizemos o projeto e graças a Deus tivemos o total apoio do governador Tião Viana. Foi uma caminhada árdua, muito difícil, mas, graças a Deus deu certo. A implantação do Hemodinâmico foi um marco histórico para o Estado e para minha vida. Estamos batendo a marca de quase mil cirurgias cardíacas realizadas e isso nos deixa bastante orgulhosos e felizes”, enfatizou.
A diretora do Hemocardio , Regiane Holanda, uma das fundadoras do Hemocardio, disse que observando a demanda de pacientes do Acre, um grupo de cinco médicos resolveu instalar um centro de atendimento no Estado. Ela frisou que o apoio do governador Tião Viana (PT) foi fundamental para que o projeto saísse do papel e torna-se uma realidade com quase sete mil atendimentos realizados.
“Quero agradecer ao governador Tião Viana. Se ele não tivesse incentivado e acreditado, nada disso teria sido acontecido. Quando voltamos para Rio Branco, nós vimos que a realidade dos pacientes cardiopatas tem sido muito complicada. Os pacientes do acre estavam se acumulando”, relata.
Para o presidente do Conselho Regional de Medicina, doutor Virgílio Prado, a Hemocardio presta um serviço de excelência para a população acreana. “Não há condições de não termos um serviço desse no Acre, as pessoas morreriam se não fosse a atuação da Hemocardio no Estado. A implantação desse serviço foi um grande marco para o povo acreano. Graças a equipe da Hemocardio e ao serviço de excelência que eles prestam, centenas de procedimentos cardíacos puderam ser realizados. As cirurgias são feitas de maneira primorosa, são realizadas com tranquilidade por uma equipe que trabalha sempre em harmonia”, destacou.
O deputado Raimundinho da Saúde ( Podemos), presidente da comissão de saúde, também participou da solenidade.
Uma das marcas do mandato de Jenilson Leite, tem sido trazer as categorias das diversas áreas de trabalho para dentro da Casa do Povo, principalmente os trabalhadores da saúde.

Deputado Jenilson Leite critica politicagem sobre temas no plenário da Aleac


Durante a sessão desta terça-feira (15), o deputado Jenilson Leite (PCdoB) falou sobre os consecutivos discursos no plenário da Assembleia Legislativa sobre a BR-364, violência e saúde. O parlamentar criticou deputados que usam esses temas para fazer politicagem.
“BR-364, violência e saúde são temas rotineiramente tratados aqui nesta tribuna, o problema é que muitas vezes as pessoas que falam só fazem isso com a intenção de criticar e nunca apontam uma solução. Parlamentares que antes falavam da situação da BR, atualmente se calam porque sabem que a responsabilidade não é mais do governo estadual”, criticou o parlamentar.
Jenilson afirmou que torce para que a BR-364 não feche, pois sabe que esse tema vai além de uma disputa política, e caso isso ocorra irá prejudicar milhares de pessoas que dependem da via para ter qualidade de vida. Ele finalizou seu discurso dizendo que não adianta parlamentares fazerem discursos emotivos, carregados de ódio, se não apontam nenhuma solução para os problemas que destacam.

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Esporte: Atlético empata e recoloca futebol acreano na Série C


“Galooooo, galooooo, galoooo, galoooooo”, o grito confiante dos mais de 6 mil torcedores, mesmo antes da bola rolar, era o prenúncio de uma tarde de conquista para o futebol do Acre.
O Atlético Acreano, o galo do 2º Distrito como é chamado pela sua torcida, que já havia vencido o primeiro jogo por 1 a 0, empatou neste domingo, 13, com o São José de Porto Alegre e conseguiu uma das quatro vagas de acesso para a terceira divisão do futebol brasileiro no ano que vem. Com o empate em 1 a 1, além do acesso, o Atlético ainda se classificou para as semifinais do Brasileirão Série D 2017. Desde o ano de 2013 o futebol acreano não disputava a terceira divisão do futebol brasileiro.
O atual bicampeão acreano começou o jogo disposto a mostrar que a vaga na Série C tinha dono. Logo aos 6 minutos do primeiro tempo, Rafael, o “Rafagol”, driblou o zagueiro e com muita categoria fez o primeiro do galo. Com o resultado que garantia a vaga, o time acreano recuou e deu espaço ao time gaúcho que não conseguiu chegar ao gol de empate.
Final da primeira etapa, Atlético 1 a 0.
No segundo tempo, o time de Porto Alegre começou colocando pressão no galo. Nos primeiros 10 minutos, o domínio foi todo do São José. Se no campo as coisas estavam ficando difíceis, a torcida, na arquibancada, dava um show, cantando e incentivando o time acreano. O apoio do torcedor deu certo e quase que Careca faz o segundo do Atlético. A partida seguiu igual, com o São José pressionando e tentando o gol de empate, mas sem conseguir furar bloqueio na defesa atleticana, só que aos 44 minutos do segundo tempo, Flávio Torres, de bicicleta, fez um belo gol e deixou tudo igual.
O árbitro deu mais 5 minutos de acréscimo e aí foi drama até o final. Aos 50 minutos o apito final foi a deixa para a festa da torcida atleticana que vibrou com a classificação histórica, já que é o primeiro acesso que um equipe do Acre consegue no futebol brasileiro. Emoção dentro de campo com muitos jogadores chorando e na arquibancada com os torcedores que não conseguiram segurar a emoção.
O goleiro Miller era um dos mais emocionados. “Foi no sufoco, mas futebol é assim mesmo. Conseguimos um belo resultado e essa classificação é para essa torcida que tanto nos apoiou”. O atacante Eduardo homenageou os pais. “Esse título é para o meu pai e todos os pais que nos incentivaram durante todo o campeonato”.
Um dos responsáveis pela classificação, o técnico Álvaro Migueis, lembrou que o resultado é fruto de um trabalho de mais de uma década. “Esse time que conseguiu essa classificação já tem 15 anos e conseguiram mudar a história do Atlético Acreano”.
O time acreano agora vai em busca do título da Série D e se junta ao Globo do Rio Grande do Norte, Operário do Paraná e Juazeirense da Bahia que também conseguiram o acesso e estão classificados para as semifinais da competição.



Jenilson Leite visita unidade mista de Saúde de Vila Campin



Na manhã de quinta-feira(10),  o deputado estadual  Jenilson Leite ( PCdoB) que é médico e membro da comissão de saúde da ALEAC  acompanhado do professor Camilo, visitou a unidade mista de saúde de Vila campinas Ana Nery. A vila é um distrito do município de Plácido de Castro, distante da capital Rio Branco a 60 quilômetros.

 Na visita, o deputado teve a oportunidade  de ver de perto os problemas da unidade de saúde. E levará o problema ao  secretário de saúde e ao governador para que possa ser  solucionado a problemática.

Segundo a gerente geral, Maria Amâncio, a  unidade precisa de reforma nas estruturas  e também solicitou uma ambulância para a comunidade. " Ficamos felizes com a presença do deputado, porque desta forma ele conhece a real situação dos problemas, aproveito a visita do parlamentar para  pedir que cobre do secretário uma reforma estrutural e também nos conceda uma SAMU. Porque quando acontece algum problema temos que ligar para Plácido de Castro".  

Ainda segundo Maria Amâncio, além da população local , são atendidas na unidade de saúde as  pessoas da zona rural e parte de Senador Guiomard. " Aqui são atendidas a comunidade local, moradores da zona rural e de Senador Guiomard. A unidade móvel servirá para ir buscar pacientes nos ramais e atender as ocorrências mais urgente na Vila".


O deputado Jenilson Leite, disse que ao retornar para a capital levará os problemas ao secretário de saúde e ao governador. " Buscarei uma solução para o problema junto ao nosso governador e o secretário de saúde. Na qualidade de médico, entendo que precisamos ter um ambiente que ofereça comodidade aos pacientes e aos trabalhadores. Deste modo, teremos uma saúde de qualidade".

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Deputado Jenilson Leite propõe a descentralização de cirurgias para atender a demanda reprimida no Estado do Acre


O deputado estadual Jenilson Leite (PCdoB) fez um relato sobre o debate da audiência pública de prestação de constas da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), realizado na segunda-feira (8) e apresentou um requerimento solicitando um amplo debate para reduzir a fila de cirurgias no Estado com a descentralização dos procedimentos e uso dos centros cirúrgicos instalados em outros municípios no interior.
Segundo Leite, apesar das dificuldades, os investimentos que estavam previstos na área de saúde foram feitos. “Do que estava previsto, do ponto de vista constitucional, que é 12% – a secretária investiu R$ 35 milhões a mais, totalizando 14% – mas a demanda crescente resulta em problemas como a fila de cirurgias no Hospital das Clínicas do Acre, que precisa ser tema de um amplo debate”, destaca.
Para Jenilson Leite, a fila de cirurgia da Sesacre não deixa de ser um problema da atenção segundaria, quando pessoas têm procurado deputados em busca de intervenção. “Estou apresentando um requerimento para fazer um debate específico desta questão e fazer a descentralização para unidades no interior que têm condições de resolver alguns tipos de procedimentos que estão na fila da Sesacre”.
O parlamentar acredita que é necessário chamar os representantes da Sesacre, Fundhacre e Hospital das Clínicas e Ministério Público “para avançar na descentralização e, inclusive, economizar recursos”. O comunista pretende ainda fazer a pactuação “onde se faça uma previsão do que é necessário para investir na compra de medicamento e não tenha falta de medicamentos em Rio Branco e no interior”.
Outra questão levantada por Jenilson Leite é em relação à emergência clínica do Huerb. “Onde chegam todos os pacientes graves do Estado. Precisamos ter um trabalho afinado, com uma equipe com a quantidade de servidores suficiente para tratar bem os pacientes que chegam. Porque se chegar e não for atendido e tempo hábil poderá deixar sequelas nos pacientes”, finaliza o comunista.