terça-feira, 17 de abril de 2018

Jenilson Leite pede convocação dos aprovados no concurso da PMAC


O deputado estadual Jenilson Leite (PCdoB), presidente da Comissão de Segurança e Narcotráfico da ALEAC, usou a tribuna do parlamento nesta terça-feira (17) para pedir celeridade na convocação dos aprovados do concurso para provimentos de vagas na corporação da Polícia Militar do Acre. A primeira etapa do certamente foi realizado ainda em meados de 2017, contudo, até o momento não foi concluído as etapas para que haja a convocação.

Outra preocupação do parlamentar, é que após a homologação do certamente a validade é de seis meses. Porque, segundo Leite, muitos dos aprovados temem perder a oportunidade de ser convocados por conta da demora e também do prazo de seis meses. Jenilson além de pedir celeridade na convocação, pediu ainda que após a homologação do resultado final, o prazo de validade do concurso seja prorrogado.

“Estou à disposição para lutar junto a eles para não perderem essa oportunidade de ingressar no funcionalismo público. Considerando que estamos em ano eleitoral, é importantíssimo que o Estado convoque com urgência esses jovens, pois o nosso estado precisa muito de um maior policiamento nas ruas. Se o estado não tiver condições de fazer a convocação agora, peço que prorrogue o concurso para que eles possam ter garantida essa oportunidade de trabalho”, concluiu.

O concurso é composto de três fases: prova objetiva, prova de aptidão física e investigação social, sendo que o certamente está nesta última fase. O edital do concurso da PM foi lançado março de 2017, e disponibiliza 230 vagas para alunos-soldados.

Assessoria 

quarta-feira, 11 de abril de 2018

SESACRE precisa garantir traslado de corpo de pessoas do interior sem renda que falecem em Rio Branco, diz Jenilson.



O deputado estadual Jenilson Leite (PCdoB), que é médico e integrante da Comissão de Saúde, durante a sessão ordinária da última terça-feira (10) utilizou a tribuna do parlamento para pedir providências da Casa Civil e também da SESACRE referente a um problema corriqueiro que vem acontecendo com pessoas do interior que estão em tratamento em Rio Branco e acabam falecendo nos leitor do SUS.


No discurso pedindo providências, o parlamentar apresentou uma indicação à mesa diretora da ALEAC solicitando que a secretaria de estado de saúde garanta o translado para o local de origem do corpo dos pacientes do interior internados pelo SUS comprovadamente sem renda, que estão em tratamento em Rio Branco ainda que não tenham vindo pelo TFD.


Durante o pronunciamento, Jenilson Leite relatou o constrangimento que as famílias do interior passam quando um ente querido falece em Rio Branco e a mesma não tem como trasladar o corpo. 


“ A morte de um ente querido é um dos momentos mais dolorosos para o ser humano, também é o momento em que o familiar mais se fragilizam enquanto pessoa, se adicionarmos a isso o fato de o mesmo não ter condição financeira para transladar o corpo do falecido até suas origens, ficará na família mais que um vazio eterno, como também a sessão de dever não cumprido”. Disse o Deputado.


É aqui que o Estado entra para garantir a dignidade à família e à aqueles que mesmo após a morte precisam receber uma atenção honrosa. Muitas das vezes o corpo fica em estado de decomposição, isso é inaceitável”, ponderou o deputado.


Assessoria 

quinta-feira, 29 de março de 2018

Prefeitura de Jordão e INSS assinam acordo para atuação permanente do Órgão no município


O município de Jordão, através do seu representante legal o prefeito Élson Farias, e o gerente executivo do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), Elias Evangelista, assinaram um acordo para a realização de atendimento permanente no município. O acordo celebrado entre as partes foi intermediado pelo deputado estadual Jenilson Leite (PCdoB), correligionário do chefe do executivo jordanense.


O acordo tem por objetivo viabilizar a operacionalização de requerimento de serviços do INSS em Jordão, tais como: benefícios (salário maternidade, aposentadoria por idade, aposentadoria por tempo de contribuição, pensão por morte, auxílio reclusão, auxílio doença, benefício assistencial ao idoso e ao portador de deficiência, e certidão por tempo de contribuição). Pelo acordo o órgão também emitirá extratos CNIS, dentre outros serviços que é feito nas agências do órgão em todo o país.

O ato foi realizado na sede do INSS na capital do Estado, na tarde de quarta-feira (28). Pelo contrato firmado entre as partes, o município cederá dois funcionários para execução do trabalho na cidade, sendo que o serviço será feito de forma online. Contudo, o funcionário cedido pelo município ao Órgão não terá acesso aos resultados das perícias, dos dados do contribuinte cruzados na Receita Federal, uma vez que só é permitido aos servidores de carreiras do Instituto Nacional de Seguro Social.

Ficou acertado ainda, que em breve um servidor do INSS vai ao Jordão capacitar os funcionários do município que atuarão no atendimento aos segurados.

Para o deputado Jenilson Leite, a atuação do INSS de forma no município é de fundamental, pois as pessoas que precisam desse atendimento têm que se deslocar para Tarauacá, e muitas vezes não conseguem e retornam ao município apenas com o prejuízo, principalmente a população indígena que tem dificuldade de comunicação.

Para o prefeito Élson Farias, que conhece de perto a dificuldade que os jordanenses têm para se deslocar até a cidade vizinha em busca de conseguir o benefício junto ao INSS, é uma das maiores conquistas de seu mandato, porque facilitará a vida de milhares de jordanenses que necessitam dos benefícios do governo federal.

Elias Evangelistas, gerente do executivo do INSS no Acre, pondera que a parceria com o município torna o Órgão mais acessível aos moradores das comunidades longínquas, afirmando que o esforço do deputado e do prefeito foram fundamentais para celebração do acordo.


Da Assessoria 

terça-feira, 27 de março de 2018

Deputado Jenilson Leite intermedia presença fixa do INSS no Jordão


O deputado Jenilson Leite (PCdoB) apresentou na sessão desta terça-feira (27) uma indicação solicitando do instituto Nacional de Segura Social (INSS), atendimento no município de Jordão. O parlamentar salientou que Jordão é uma das cidades mais isoladas do Acre, e o acesso ao município somente é possível por meios fluviais ou aéreos, com custos altíssimos.

“Esta indicação eu estou fazendo a pedido do meu correligionário de partido vereador do Jordão, Roberto Rodrigues. Na verdade, essa é uma reivindicação antiga da população daquele município. A atuação do INSS no município é fundamental, pois as pessoas que precisam desse atendimento têm que se deslocar para Tarauacá, e muitas vezes não conseguem e retornam ao município apenas com o prejuízo”, disse o deputado.



Ainda de acordo com Jenilson, a população indígena é a que mais sofre com a falta de atendimento. “São pessoas que não estão acostumados com o branco, que não conseguem uma comunicação clara, devido a sua língua materna, e ao chegar ao município de Tarauacá não tem uma pessoa que possa acompanha-los e auxiliar na tradução, para que possam requisitar os serviços que elas precisam”, complementou.


Para concluir, o deputado informou que conversou com o gerente executivo do INSS no Acre, Elias Evangelista, e o mesmo garantiu que convênios serão firmados com as prefeituras para facilitar o atendimento à população.


“Elias me falou do projeto que será firmado com as prefeituras dos municípios para facilitar o atendimento. De acordo com o termo, cada prefeitura terá uma sala própria com um servidor da própria prefeitura para atender aos requerimentos dos municípios. Isso facilitará demais o atendimento e os moradores não terão mais que se deslocar de suas cidades para receber seus benefícios. O prefeito de Jordão já falou que está de acordo com o convênio, ele está vindo hoje para Rio Branco para a gente conversar sobre o assunto”, concluiu.

Mircléia Magalhães


Agência Aleac Foto Jardy Lopes

 

quarta-feira, 21 de março de 2018

Deputado Jenilson pede presença da Funai em Jordão


O deputado Jenilson Leite (PC do B) disse na sessão desta quarta-feira (21) que as lideranças indígenas de Jordão estão sofrendo com a ausência de um representante da Fundação Nacional do Índio (Funai). Segundo o parlamentar, a não atuação do órgão tornam as dificuldades que os índios enfrentam no campo social ainda maiores.


“Sem o auxílio da Fanai os índios perdem a capacidade de se articular com as instituições por exemplo. Hoje, eles enfrentam problemas na Saúde Indígena e com as questões da previdência. Para se ter uma ideia, hoje quando os índios precisam fazer suas transações previdenciárias eles têm que deslocar de barco até Tarauacá. Só nesse processo eles já gastam metade do recurso na viagem”, enfatizou.


Na tentativa de resolver o problema, o parlamentar disse que fará uma visita à Funai e realizará uma audiência pública para tratar do assunto. “Eles precisam de uma política indígena mais representativa. Isso é necessário. A ausência da Funai atrasa a resolução de muitas questões importantes para índios”, complementou.

O parlamentar também comemorou a construção de escolas indígenas nos municípios de Feijó, Tarauacá e Jordão. “Estive na Secretaria de Educação e me informaram que o governo está construindo essas escolas. Uma ação importante que demonstra o comprometimento do governo do Estado com as comunidades indígenas”, frisou.

Mircléia Magalhães

Agência Aleac 

Deputado Jenilson Leite pede melhorias na rede elétrica de Tarauacá


Durante a sessão desta terça-feira (20), o deputado Jenilson Leite (PCdoB) falou sobre a visita que fez ao Hospital do Câncer do Estado (Unacon), para acompanhar o andamento das obras que estão sendo realizadas no local. O parlamentar também pediu melhorias na rede elétrica do bairro Luiz Madeiro, localizado em Tarauacá. De acordo com ele, a população do local sofre com o abandono por parte da prefeitura.
De acordo com Jenilson Leite, pacientes que realizam tratamento no Unacon se deparam com algumas dificuldades, e os que precisam fazer radioterapia são enviados a Porto Velho para realizar o procedimento. Ele destacou que um novo equipamento será enviado à capital no mês de julho.
“Enfrentamos muitas dificuldades. Os pacientes hoje saem do Acre para fazer radioterapia em Porto Velho, pois o aparelho daqui está com defeito. Felizmente em julho teremos um novo equipamento, com isso nos posicionaremos entre os estados brasileiros que melhor trata doenças oncológicas, pois o acelerador linear trata o câncer sem lesionar os órgãos adjacentes”, destacou.
O parlamentar também solicitou melhorias na rede elétrica do bairro Luiz Madeiro, em Tarauacá. De acordo com ele, a Eletrobras não estende as redes de energia no local devido o mesmo estar localizado próximo a um rio, alegando que ocorrem constantes enchentes no lugar.
“Esse bairro possui condições mínimas de infraestrutura. A iluminação é muito precária e mais de 300 famílias sofrem com isso. A prefeitura não investe, não leva benefícios a essas pessoas e enquanto isso o povo vive em condições sub-humanas: sem água tratada e ligações elétricas irregulares. O que não pode é a população, em função dos problemas de alagação, ficar desassistida dessa forma, até porque os rios no Acre possuem essa característica, alagam conforme o volume da chuva”, protestou.
Jenilson Leite finalizou seu discurso enaltecendo o trabalho da Polícia Militar, na pessoa do comandante Marcos Kinpara, no que concerne ao combate ao crime. Disse ainda que a PM faz sua parte, mas o que de fato irá acabar com a onda de violência é o investimento na educação dos jovens.
Andressa Oliveira
Agência Aleac

segunda-feira, 19 de março de 2018

Jenilson pede regularização na emissão de carteira de identidade (RG )nos municípios da região de Tarauacá/Envira

O deputado estadual Jenilson Leite ( PCdoB), presidente da Comissão de Segurança e Narcotráfico na Assembleia Legislativa do Acre, se reuniu na última 

quinta-feira (15) com o secretário de polícia civil do Estado , Dr. Carlos Flávio, para levar uma reivindicação da população dos municípios da regional Tarauacá/Envira. Os munícipes dessa região estão com dificuldades de tirar a identidade, o popular RG, e solicitaram do parlamentar que intercedesse junto a secretaria responsável pela emissão desse documento.


Na conversa com o secretário, e também com o diretor do departamento de Identificação do Acre, Sandro Roberto, o deputado foi informado que haverá em cada município um posto de atendimento para a emissão das carteiras de identidade. ” Estamos trabalhando para padronizar o serviço de emissão nos municípios, alguns serão por lotes e outros serão virtuais”, garante o gestor da pasta. 

Dr. Carlos informou ainda que a Empresa de Correios e Telégrafos- ECT será responsável pela entrega dos malotes dos RGs. Segundo o secretário, nos mês de maio estará se instalando nos Acre, nos 22 municípios, uma nova empresa que emitirá o documento. Em algumas cidades o documento será feito de forma virtual, em outras presencial. Mas o tempo médio para receber será em média uma semana. Com isso, a demanda será zerada nos próximos meses.

Jenilson é um deputado presente nos vinte e dois municípios do Acre, sempre buscando dar uma atenção maior aos moradores das cidades isoladas. ” Estivemos hoje na secretaria de polícia civil levando as demandas da população dos municípios de Tarauacá, Feijó e Jordão. Os munícipes dessa região, principalmente de Jordão, devido o isolamento da cidade estão com dificuldades para tirar o documento de identificação. Viemos pedir ao Dr. Carlos que implante um posto que atenda a demanda dessa região, mas antes disso, realize um mutirão para que as pessoas tenha a chance de obter este documento tão importante o mais breve possível”, pondera o deputado.

Sandro Roberto, diretor do departamento de identificação da secretaria de polícia civil, ressaltou que o serviço que será implantado nos demais municípios, já está em fase de teste nas cidades de Cruzeiro do Sul e Mâncio Lima, na região do Vale do Juruá.
Após essa fase, o serviço será implantado nas outras vinte cidades. “Nesse quesito, o Acre viverá uma nova fase”, garante o diretor.


Assessoria